Prêmio Jovem Conservacionista

Para transformar jovens da Amazônia rural em Embaixadores da Floresta

  • Vencedores do I Prêmio Jovem Conservacionista
  • Vencedores do I Prêmio Jovem Conservacionista falando na Escola Lourenço Castanho
  • Mariana dos Santos coordenadora do Dia na Floresta
  • Jovens Conservacionistas Paulo Roberto Lopes e Lorenço Aguiar
  • Troféu
  • Vencedores do prêmio entre os diretores da Escola da Amazônia
  • Silvio Marchini apresenta o projeto

Descrição do projeto

 

O Prêmio Jovem Conservacionista (PJC) é uma iniciativa da Escola da Amazônia, com apoio do Programa Empreendedores da Conservação (E-Cons), e tem como objetivo divulgar e incentivar a adoção de melhores práticas de uso, manejo e conservação dos recursos naturais na Amazônia por meio do envolvimento de jovens estudantes, seus professores e suas escolas, reconhecendo e valorizando o papel desses atores no desenvolvimento sustentável da região.

I Prêmio Jovem Conservacionista

A primeira edição do Prêmio Jovem Conservacionista teve como foco a Escola Estadual Ouro Verde, localizada na zona rural de Alta Floresta, sul da Amazônia.

Trinta alunos de ensino médio participam de oficinas de vídeo, foto e texto oferecidos pela Escola da Amazônia e tiveram, no final do processo, o desafio de criar uma peça de comunicação dentro da temática socioambiental que considerassem mais importante na região.

Os vencedores foram Paulo Roberto Lopes e Lorenço Aguiar. Acompanhados do professor da Ouro Verde, Wagner Gervásio, e da coordenadora do Dia na Floresta, Mariana dos Santos, os jovens vencedores estiveram em São Paulo nos dias 8 a 12 de maio, onde foram recebidos por alunos da escola Lourenço Castanho e participaram de uma cerimônia de premiação.

Na oportunidade foram exibidos os filmes vencedores, realizou-se uma mesa redonda com a participação de professores e alunos das duas instituições e deu-se a entrega solene dos prêmios.

O grupo teve ainda a oportunidade de visitar locais de interesse para a comunicação ambiental e a divulgação científica tais como a redação das revistas Super Interessante e National Geographic no núcleo Planeta Sustentável da Editora Abril, a redação do programa Globo Rural na Rede Globo, Museu de Microbiologia do Instituto Butantan e Museu de Anatomia Veterinária da Universidade de São Paulo.

Assista aos vídeos vencedores:

 

SAIBA MAIS

Bookmark and Share